Veterinária nos EUA – Step 2: TOEFL

Veterinária nos EUA – Step 2: TOEFL

Eu escrevi esse post originalmente em Julho de 2016, quando fiz o TOEFL. Resolvi atualizar o post com algumas dicas para quem for fazer a prova com o objetivo de validar o diploma de veterinária nos Estados Unidos, para deixar os posts da validação na sequência. 🙂

O que é o TOEFL-IBT

O TOEFL iBT é uma prova que avalia a capacidade de uma pessoa em falar, ler, escrever e ouvir Inglês em um nível acadêmico, ou seja, universitário. Essa prova é exigida para estudar em universidades americanas (graduação e pós graduação) e para vários processos de validação de diploma. Cada universidade dita a pontuação que um candidato precisa obter para ser aceito, e, geralmente, as universidades mais conceituadas são as que exigem as pontuações mais altas.

No caso de validação de diploma, algumas agências utilizam o TOEFL para atestar que o candidato é capaz de se comunicar em Inglês. Para Medicina Veterinária, o candidato precisa obter a pontuação mínima de 25 no listening, 22 no speaking, 22 no writing e 23 no reading.

Para se inscrever no TOEFL basta ir no site da ETS. A prova custa $190,00 e o processo para inscrição é bem simples. O pagamento é feito com cartão de crédito e na mesma hora já podemos escolher o dia e local para fazer a prova. Também é possível pedir para que eles enviem o resultado da prova para a instituição de ensino (universidade, ECFVG, etc). Feito a inscrição, é hora de se preparar para a prova.

Como estudar para a prova

Como você vai estudar para a prova vai depender de quantos pontos você precisa. Se você precisa de uma pontuação alta, eu recomendo que você estude primeiro pelo livro oficial do TOEFL para se familiarizar com a prova e entender bem a dinâmica de como é a prova. Depois, você cria a sua estratégia pra tentar conseguir a maior nota possível em cada uma das provas. Pra isso eu usei um livro que se chama Cracking TOEFL; esse livro é excelente e me ajudou muito a conseguir a pontuação que eu precisava.

Como é a prova

A prova acontece em testing centers e você faz a prova em uma sala com cerca de 15-20 pessoas. O lado ruim disso é que como nem todo mundo começa a prova no mesmo horário e gasta o mesmo tempo pra fazer a prova, as vezes acontece de você estar lendo um texto ou prestando atenção no listening e alguém do seu lado fazendo a prova do speaking. Por isso, aí vai minha dica: chegue cedo! Na segunda vez que fiz a prova eu cheguei bem mais cedo e quando comecei a fazer minha prova a sala ainda estava bem vazia. Isso me ajudou porque quando eu comecei meu listening, ainda não tinha ninguém fazendo o speaking pra me atrapalhar.

A prova passa rápido. Depois do listening a gente tem um break de 10 minutos e depois volta pra fazer o speaking e writing. Eu tinha feito muitos exercícios, então não tive problemas com a dinâmica da prova. Basta prestar bastante atenção nas questões; ah, e fique atento ao tempo também!

Resultado da prova

Em cerca de 10 dias a gente recebe por e-mail o resultado da prova. No resultado eles mostram a nota em cada uma das provas, além de uma explicação sobre o seu nível, de acordo com a pontuação. Eu tirei 102 na prova (a nota máxima é 120) e fiquei bem feliz com meu resultado pois consegui a pontuação que precisava para a validação de diploma.

Com o resultado do TOEFL em mãos de acordo com os requisitos da ECFVG eu dei por concluída essa fase do processo de validação de diploma e passei a pesquisar e a começar a me planejar para as próximas etapas. Como fiz a prova antes de me inscrever no site da ECFVG, após a inscrição eu voltei no site da ETS e pedi para que enviassem meu resultado. Esse envio custou $20,00.

Pronto, fase 2 concluída. Agora faltam as fases mais difíceis e quando eu fizer eu volto aqui pra contar como foi.

Até a próxima e boa sorte! #tamojunto

3 Comments

  1. Dani
    February 18, 2018 / 12:56 AM

    Olá, achei seu blog por acaso e como estou transferindo pro US queria ver como está sendo o processo para você, não vi outros posts após o Toefl (ou não achei..haha). Minha história é um pouco diferente mas com o mesmo final 🙂 cresci em NY, morei aqui a anos, cursei 2 anos em uma faculdade para Animal Science e trabalhei como technician por 2-3 anos até ir ao Brasil, terra natal lol, pra cursar veterianaria. Acabei de voltar, recém formada, e estou com um medo tremendo das provas. Você já chegou a fazer alguma? Pretendo fazer o da avma, bcse.

    • Stephanie
      March 21, 2018 / 9:33 PM

      Oi Dani, sim, já fiz o TOEFL e BCSE. As provas dão um medinho mesmo, principalmente porque tem muita coisa pra estudar. Mas não desanima por causa disso; se organiza e começa a rever as matérias da faculdade pra se preparar. Boa sorte!

  2. Gabrielle
    April 18, 2018 / 10:55 PM

    Acabei de cair de paraquedas aqui no seu blog! Eu sou estudante de medicina veterinária, mas só esperando me formar pra poder me mudar pra Phoenix, AZ. Vi o comentário que a Dani deixou, eu tinha a mesma dúvida. Atualiza Quando puder, seus posts me ajudaram muito a entender os processos!

    Boa sorte com as provas!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *