Chicago

Greektown

Greektown é um bairro bem pequenininho, próximo da região central de Chicago (Loop). A gente já foi umas 3 vezes, sempre pra comer em algum dos restaurantes, e na última vez que fomos lá aproveitamos para visitar o National Hellenic Museum antes de ir jantar. O museu não é muito grande, mas bem interessante. Conta a história dos primeiros imigrantes gregos que chegaram aos Estados Unidos e a Chicago, assim como eram suas vidas por aqui. Existem vários objetos de época e fotografias, além de mapas mostrando aonde eles viviam em Chicago. No último andar do museu fica o rooftop, de onde temos vista privilegiada da Halsted e da Willis Tower.

Os primeiros gregos a habitar Chicago vieram de navio em 1840 e se estabeleceram na região da Halsted street. Nessa rua existem vários restaurantes, cafés e até mesmo um mercadinho grego. Pra quem gosta de sobremesa grega, recomendo ir no Pan Hellenic Pastry Shop, super conhecido na região e todo mundo vai lá pra comprar e levar pra casa. Quase ao lado fica o Artópolis, uma mistura de padaria-café-mercadinho bem legal. Tomei um café e aproveitei para experimentar o famoso Galactoboureko (coisa de louco de tão gostoso).  Deniz e eu ficamos um bom tempinho lá, batendo papo enquanto aguardávamos a hora para ir jantar.

Existem dezenas de restaurantes em Greektown, mas a gente só estava interessado em um: Greek Islands. O Greek Islands é um restaurante super conhecido pelas filas de espera e pela comida deliciosa. Eles não costumam aceitar reservas, então tem que chegar cedo ou ir com paciência para esperar por uma mesa.

Resolvemos ir cedo, porque como era Sábado, eu tinha certeza que o restaurante estaria lotado. Chegamos por volta das 6 da tarde e ainda esperamos por cerca de 20 minutos por uma mesa. Eu fiquei impressionada com o quão cheio o restaurante já estava. Ficamos um tempão lá comendo e batendo papo e foi muito bom poder fazer isso sem ter um garçon a cada 5 minutos vindo a nossa perguntar se queremos alguma coisa (algo bem típico dos restaurantes nos EUA). Ah, e independente do que você escolha para jantar, peça um Saganaki (queijo em chamas!) de entrada. Você não irá se arrepender. 😉

Até a próxima!

You Might Also Like...

No Comments

Leave a Reply