Como validar o diploma de veterinária nos EUA

Tenho recebido vários e-mails me perguntando como fazer para validar o diploma de veterinária nos Estados Unidos. E bom, como ainda tô no início desse processo não sou expert no assunto, mas já pesquisei bastante e já estou me preparando para a primeira prova de veterinária, então resolvi que era a hora de escrever sobre esse assunto por aqui.

A primeira coisa que eu vou falar é que nada, nada mesmo, que eu escreva aqui substitui você fazer suas próprias pesquisas e consultar as agências que regulamentam a validação de diploma. Aliás, se você está começando ou pretende começar a validar o diploma, saiba que irá depender de você, somente de você, passar nas provas. Por isso nada de preguiça em ler os informativos nos sites oficiais.

Acho que não preciso falar aqui, mas pra não perder a viagem, já aviso que é preciso ter inglês fluente pra poder validar. Tudo nesse processo será em Inglês. Então, se você não domina o inglês, recomendo que aprenda primeiro a língua e depois se preocupe com o resto do processo.

Reconhecimento da faculdade pela AVMA

Antes de se inscrever em um dos programas que estou falando abaixo (ECFVG ou PAVE) você irá precisar verificar se a sua faculdade está reconhecida pela AVMA, que é a American Veterinary Medical Association.

Se a sua faculdade estiver na lista, pode dar sequência ao processo e decidir por qual dos programas você irá optar. Se a sua faculdade não estiver na lista, você irá precisar contactar a AVMA e pedir pra eles entrarem em contato com a sua universidade no Brasil, para eles resolverem essa parte burocrática. Depois de verificar o reconhecimento, o próximo passo é aplicar para o programa. Como existem dois, resolvi falar um pouco de cada um pra que você escolha o que for melhor pra você. Ah, e vale consultar os sites oficiais sobre as taxas, pois elas costumam aumentar de tempos em tempos.

ECFVG –  Educational Commission for Foreign Veterinary Graduates

Esse  é o programa mais conhecido e o que irei fazer. Quem regulamenta é a American Veterinary Medical Association (AVMA); esse programa é aceito em todos os estados e pelo governo federal dos EUA. Além disso, também é o programa aceito no Canadá, Austrália e Nova Zelândia. Eu escolhi esse programa principalmente pelo fato de ser aceito em todos os estados aqui nos EUA. Como não sei dizer se iremos morar pra sempre em Illinois (já moramos no Texas, Deniz gosta da Flórida, etc) eu não quero correr o risco de fazer todo o processo e depois ter que mudar para um estado que não aceita o PAVE e ter que fazer tudo de novo. O programa consta de 4 fases:

  • Fase 1: Fazer a inscrição no programa e enviar documentação. ($1,400 )
  • Fase 2: Fazer o TOEFL e obter a pontuação mínima de 25 no listening, 22 no speaking, 22 no writing e 23 no reading. ($190-$210)
  • Fase 3: Fazer o BCSE – Basic Clinical Science Exam, uma prova teórica que testa os conhecimentos básicos em veterinária. ($220)
  • Fase 4: Fazer o CPE – Clinic Proficiency Exam, 5 provas práticas ($7,000)

PAVE – Program for the Assessment of Veterinary Education Equivalence

O PAVE é regulado pela American Association os Veterinary State Boards (AAVSB). O programa é perfeito pra você que gostaria de ter um treinamento em clínica nos EUA antes de obter sua licença e começar a trabalhar por aqui. É uma excelente forma de iniciar sua carreira em veterinária nos EUA pois além de aprender como tudo é feito por aqui, você vai ter a chance de conhecer professores e outros veterinários. E, a melhor parte, por estar vinculado a uma universidade, você vai poder realmente ter experiência como médica(o) veterinária(o), coisa que não da pra ter mesmo trabalhando como veterinary technician. O lado ruim desse programa? Só é aceito em 43 dos 50 estados nos EUA, além de ainda não ser aceito pelo governo federal (para cargos públicos, por exemplo). Austrália e Nova Zelândia também aceitam. Esse programa também é mais caro ($$$).

  • Fase 1: Fazer a inscrição no programa, enviar documentação e fazer o pagamento referente à inscrição e prova teórica. ( $1,875 )
  • Fase 2: Fazer o TOEFL e obter a pontuação mínima de 26 no listening, 26 no speaking, 20 no writing e 18 no reading. ( $190-$210 )
  • Fase 3: Fazer a QE – Qualifying Exam, uma prova teórica que testa os conhecimentos básicos em veterinária.
  • Fase 4: Escolher uma universidade e se inscrever para fazer o Clinical Rotations (é feito junto com os alunos de veterinária do último ano). Após concluir o programa, enviar o certificado de conclusão para a administração do PAVE. ($50,000-$60,000 em média)

North American Veterinary Licensing Examination (NAVLE)

Bastante coisa né? Mas ainda não terminou. Depois de validar o diploma ainda falta obter a licença para trabalhar aqui, assim como o nosso CRMV no Brasil. Acontece que pra obter a licença a gente precisa fazer mais uma prova. O exame se chama North American Veterinary Licensing Examination (NAVLE) e acontece duas vezes por ano, em meados de Abril e Novembro.

É minha gente, não é brincadeira não. Eu pretendo escrever posts detalhando cada uma das fases do processo e como tenho feito. Nesse primeiro post meu objetivo era dar uma luz pra você que está perdido e não sabe nem como começar.

Um beijo e um queijo procês!