Chicago

Primeira noite em Chicago

No post anterior eu contei meio “por cima” como foi nossa chegada aqui, mas agora venho com mais calma para poder contar os detalhes timtim-por-timtim.

Graças ao nosso amigo google maps chegamos ao nosso apartamento sem problemas. O edifício fica em uma avenida bastante movimentada, mas por sorte o prédio tem um local que é possível parar o carro sem atrapalhar o trânsito. Fizemos isso e o Deniz foi até a recepção saber se já podíamos ir direto para o estacionamento ou se precisávamos ir ao leasing office primeiro. Eles disseram pra gente ir para o estacionamento, e foi o que fizemos.

A moça do leasing office já estava nos esperando quando voltamos para a recepção e foi com a gente até o escritório. Eles já estavam nos aguardando (tínhamos avisado o horário em que deveríamos chegar), e quando fomos para a sala de reunião, eles nos entregaram uma pastinha cheia de documentos pra assinar , além de informativos sobre o prédio e Chicago. Assinamos o contrato de aluguel e fizemos o pagamento do primeiro mês e pronto. Ela nos entregou nossas chaves e de lá fomos direto pro elevador pra conhecer nossa casinha.

Nós colocamos a chave na porta e tomamos o cuidado de entrar com o pé direito e tcharam: piso de madeira! Essa foi, sem dúvidas, uma das melhores surpresas do dia. Completamente inesperado pois as fotos que recebemos era de um apartamento com carpete em todos os cômodos. Mas o nosso foi reformado recentemente e está mais moderno. Amei tudo! Amei a cozinha, a sala, os quartos e, principalmente, as janelas que fazem com que a gente tenha uma vista linda do parque que tem em frente. Aproveitamos esse momento pra ligar para a família e depois de avisar todo mundo que já tínhamos chegado, fomos descarregar o carro.

Com a ajuda de carrinhos que o prédio disponibiliza, fomos descarregando tudo. Acho que ao todo fizemos umas 2 ou 3 viagens carregando malas e caixas e essa brincadeira já deixou a gente bem cansados. Mas ainda não era hora de descansar, infelizmente. Depois de descarregar tudo, pegamos o carro novamente e fomos fazer compras de supermercado. No nosso bairro tem praticamente todas as lojas/supermercados que a gente precisa e isso é bem conveniente.

Durante a viagem eu fiz uma lista com tudo o que a gente precisava, então foi bem tranquilo. Compramos muita coisa no Costco e de lá fomos no Trader Joe’s onde compramos umas coisas pra gente poder tomar café-da-manhã e almoçar. Quando terminamos essa “brincadeira” já estávamos exaustos e nossa sala estava abarrotada de caixas, malas e sacolas. Resolvemos que seria melhor comer fora e saímos pra encontrar algum restaurante. Paramos no primeiro que vimos, uma pizzaria que fica bem na esquina aonde a gente mora. Foi a melhor pizza da minha vida, juro. O tempo estava frio e chuvoso, mas ficamos ali curtinho, batendo papo, dividindo expectativas quanto a cidade e ao trabalho que nos trouxe aqui. Obrigada Chicago, por nos receber de braços abertos!

You Might Also Like...

No Comments

Leave a Reply